apresentação festival alkantara

Alkantara é uma organização de Lisboa que se dedica ao desenvolvimento das artes performativas em Portugal e num contexto internacional. A sua actividade assenta numa visão global diferenciada e menos eurocêntrica da criação contemporânea.

Até 2005, então com o nome Danças na Cidade, desenvolveu um intenso trabalho de promoção da dança contemporânea, especialmente dos jovens coreógrafos nacionais. Este trabalho teve o seu ponto alto nas várias edições do festival danças na cidade (entre 1993 e 2004) e em projectos de colaboração como Dançar o que é Nosso (iniciado em 1998). O festival afirmou-se, ao longo dos anos, como um momento de difusão da dança de grande relevância internacional, devido principalmente à sua aposta em novos criadores e ao seu espírito único de diálogo artístico e cultural.

Em 2005, a associação alterou o seu nome para alkantara e nasceu o alkantara festival, um momento de intensa programação de artes performativas na cidade de Lisboa, que teve a primeira edição em 2006.

É também através dos encontros internacionais, do programa de residências, do investimento em co-produções nacionais e internacionais, do apoio à investigação e edição de livros e de vídeos, que alkantara se afirma como agente fundamental para a criação artística contemporânea nacional e persegue os seus objectivos de promoção e difusão da arte contemporânea internacional.

Alkantara é ainda sinónimo de transversalidade e o seu trabalho completa-se em projectos de formação para as artes, que incentivam a aproximação de diversos públicos à arte contemporânea.

O espaço alkantara, um edifício cedido pela câmara municipal de lisboa situado no histórico bairro de santos, concentra toda a actividade da organização e é, desde 2008, um novo desafio para este projecto artístico.

Com o apoio sustentado da Direcção-Geral das Artes / Ministério da Cultura, alkantara trabalha em colaboração com instituições de vários países, desenvolvendo condições de produção, de apresentação e de visibilidade para os criadores com quem trabalha.

Alkantara é membro de diversas redes e plataformas de intercâmbio (Danse Bassin Mediterraine, On the Move, Fundação Anna Lindh, REDE– associação de estruturas para a dança contemporânea em portugal, entre outras) e parceiro em programas de colaboração e co-produção internacional (Next Step– promoção da criação artística europeia e Départs– práticas para o desenvolvimento integrado da dança contemporânea europeia).