Quico Cadaval, Celso F. Sanmartín e José Luís Gutiérrez

Os Contos de Joselín

Versátil, contraditório, admirado por galegos republicanos, condecorado por ditaduras, ídolo de massas em Buenos Aires, guionista de cinema em Madrid, êxito de vendas discográficas em Espanha e na Argentina com os seus vinte e três contos galegos, Joselín é hoje recordado como o mais famoso contador de histórias galego do século XX.

No teatro contemporâneo são muitos os exemplos do aproveitamento das técnicas de narração e improvisação teatral herdadas da cultura popular, mas é sobretudo no mundo dos narradores orais que essa tradição se manifesta com maior efervescência. Quico Cadaval, Celso Fernández Sanmartín e José Luís Gutiérrez fundem com enorme habilidade as suas histórias e dão rédea solta às suas capacidades de improvisação para criar um espetáculo que realça o humor e a doce subversão dos contos de Joselín.

Espécie de jogral moderno que enraizou as suas narrações na tradição do escárnio popular, José Rodríguez de Vicente conseguiu, como os seus discos de contos, alcançar o reconhecimento em Espanha e na América do Sul. Entre 1929 e 1942, registou um total de vinte e três gravações, recentemente reeditadas em simultâneo com um estudo académico sobre este jornalista e ator galego que criou a personagem de Joselín, um iletrado porém sábio aldeão galego.

FICHA TÉCNICA

Elenco Quico Cadaval, Celso Fernández Sanmartín e José Luís Gutiérrez
Produção aCentral Folque
Direção de produção Mauro Sanín

Com o apoio Programme for the Internationalisation of Spanish Culture (PICE) / Acción Cultural Española (AC/E)

ESTREIA NACIONAL

Teatro Nacional D. Maria II

Sala Estúdio

QUI 9 JUNHO - 19H

SEX 10 JUNHO - 23H

duração 90min

M12

12€

Em Galego, sem legendagem


Outros eventos