Loading...

© Sofia Dias&Vítor Roriz

ESTREIA
Sofia Dias & Vítor Roriz [PT]
O que não acontece
Os meus romances não existem como ideias na minha cabeça. (...) Existem apenas à medida que são escritos; antes estou em branco. Tal como não se pode fazer uma corrida dentro da cabeça, tem de se esperar que seja dado o tiro de partida.
Susan Sontag

Os coreógrafos Sofia Dias & Vítor Roriz trabalham juntos desde 2006, pesquisando e criando em torno da plasticidade das palavras e da relação entre corpo e objetos. Se anteriormente acreditavam que cada peça era uma janela para um momento específico da sua pesquisa, hoje parece-lhes que cada peça é uma síntese da própria vida. Como se cada espetáculo refletisse uma (re)visão do mundo, do que é viver, destruir e construir alguma coisa com o outro.

Nos dois anos desde Performances para o Alkantara no Alkantara Festival 2016, Dias e Roriz desenvolveram uma série de performances em espaços não convencionais. Nelas tentaram isolar e questionar os elementos da sua pesquisa: a relação do gesto com a palavra dita e cantada, o modo como os objetos informam o movimento e a escrita como ato performativo ou ação coreográfica. Agora procuram transpor essa pesquisa para o palco sem perder a intimidade, o carácter lúdico e a imprevisibilidade das performances anteriores. Uma síntese, sim, sobretudo do que ficou por fazer. Sem pausas, sem espaços em branco, sem pontuação.


Comprar Bilhetes

31 maio–2 junho


quinta → 21h
sexta e sábado → 19h

Espaço de apresentação
Teatro Nacional D. Maria II
Sala Estúdio

Duração
aprox. 70 min

Preço
12€

Classificação etária
M/12

Info
Em português e inglês, legendagem em português e inglês


Partilhar

Bio&nsbp;
Sofia Dias & Vítor Roriz são coreógrafos e bailarinos a colaborar desde 2006. Tendo por base o movimento e o gesto, Sofia e Vítor, têm alargado a sua pesquisa à natureza dúctil da palavra, tanto dita como escrita e à relação entre corpo e objecto. Nos seus onze anos de colaboração apresentaram cerca de quinze trabalhos em 16 países. Enquanto dupla têm colaborado com diversos artistas tais como, Catarina Dias, Lara Torres, Marco Martins, Clara Andermatt, Mark Tompkins, Tim Etchels e desde 2014 que interpretam a peça António e Cleópatra de Tiago Rodrigues e mais recentemente Sopro (2017) do mesmo autor. Leccionam regularmente aulas e workshops e têm vindo a organizar residências e encontros de reflexão entre artistas em diferentes contextos.
Créditos&nsbp;
Direção e interpretação Sofia Dias & Vítor Roriz
Colaboração artística Thomas Walgrave, Alex Cassal, Pedro Costa, Catarina Dias
Som Sofia Dias
Direção técnica Nuno Borda de Água
Produção S&V
Coprodução Alkantara
Difusão internacional Something Great
Residências artísticas Culturgest, Espaço Alkantara, TNDMII, OPART/Companhia Nacional de Bailado/Estúdios Victor Córdon - Programa em Trânsito
Tradução Joana Frazão
 Espectáculo anterior   Próximo espectáculo